Diário de bordo

Guia de Monument Valley e Arches National Park, em Utah

Nossos último momentos em Utah foram recheados de coisas incríveis. E é sobre esses dois último lugares que pisamos por lá, que viemos falar hoje: Monument Valley e Arches National Park.

Monument Valley, Utah – Arizona

Monument Valley é uma região do deserto situada na reserva dos índios Navajos, que tem cerca de 7 milhões de hectares de terra. Ali fica um conjunto de monumentos, picos e montes. O mais conhecido deles é chamado de “As Quatro Esquinas”, já que fica na divisa de quatro estados: Utah, Colorado, Novo México e Arizona.

Ao logo de muitos e muitos anos, a força do e da água foram esculpindo essas enormes “esculturas”. Essas formações avermelhadas de arenito chama a atenção de longe e não é a toa que tantos filmes usaram Monument Valley como cenário. Hollywood se aproveitou da beleza ímpar do lugar e começou a rodas várias produções por ali. O pioneiro foi o filme Stagecoach, de 1939, que foi estrelado por John Wayne e dirigido por John Ford. Desde então, essa região vem sendo procurada por turistas de todo o mundo. 

Monument Valley também é retratada em muitos outros filmes, como:

– Billy the Kid (1941)
– Fort Apache (1948)
– A Conquista do Oeste (1962)
– 2001: Uma odisséia no espaço (1968)
– Era uma vez no Oeste (1968)
– Easy Rider (1969)
– Escalado para morrer (1975)
– Férias Frustradas (1983)
– Indiana Jones e a Última Cruzada (1989)
– De Volta para o Futuro 3 (1990)
– Thelma & Louise (1991)
– Forrest Gump (1994)
– Carros (2006)
– O Cavaleiro Solitário (2013)
– A Million Ways to Die in the West (2014)
– Transformers: A Era da Extinção (2014)
– Animais Fantásticos e Onde Habitam (2016)

Monument Valley foi um dos lugares que mais estávamos ansiosos para visitar, mas é claro que mais uma vez batemos com a cara na porta. Sim, estava fechado. Porém, isso não vai fazer a gente desistir de dar algumas informações aqui no nosso site. Essa parada vale MUITO a penas.

1. Como chegar?
Dá pra chegar em Monument Valley de carro pela estrada US-163 (sim, é a estrada do filme Forrest Gump, quando ele para de correr). Dá pra ir para o parque por diversos lugares: de Page, no Arizona; de Flagstaff, no Arizona; de Grand Canyon Village, no Arizona; Phoenix, no Arizona; Albuquerque, no Novo México; Salt Lake City, em Utah; Las Vegas, em Nevada.

2. Quanto?
É necessário pagar uma taxa de $20 por pessoa para acessar o parque. O passe anual aqui não é válido porque o parque não é administrado pelo governo e, sim, pelos índios Navajo.

3. Como visitar Monument Valley?
É possível estacionar o carro no centro de visitantes e fazer trilhas e tours oferecidos pelos índios onde visitantes independente não pode entrar.

Você pode também ir com o carro por uma estrada de terra visitando os pontos permitidos. Além disso, algumas empresas privadas atuam no parque e te levam para um passeio guiado.

4. Onde se hospedar?
Dentro do vale, existe um hotel, o The View Hotel Monument Valley. É preciso fazer reserva com muita antecedência. Existem outras opções fora do parque, em cidades vizinhas, como Kayenta.

5. Dicas gerais:
– Beba muuuuuuita água. O parque é muito seco e é possível de desidratar.
– Use filtro solar, principalmente nos dias quentes.
– Use algo na cabeça, como chapéu ou boné.
– Carregue um mapa sempre com você.
– Respeite os limites dos índios Navajo.

Monument Valley: Pontos de Observação

Essa região é cheia de pontos de observação. No mapa que é recebido no Centro de Visitantes é possível ver todos eles, são 11 no total e vamos listá-los aqui:

1. The Mittens
É o mais famoso. Aquele que todo mundo conhece. São 3 estruturas que é possível ver logo da estrada. É a primeira parada do trajeto pela estrada de terra.

2. Elephant Butte
O nome já diz tudo. Essa formação parece um elefante no meio do deserto vermelho. É bem alta e impressionante.

3. Three Sisters
As três Irmãs são 3 estruturas que é possível ver de muitos outros lugares do parque. São formações verticais muito interessantes.

4. John’s Ford Point
Um dos pontos de observação mais legais do parque. Tem esse nome porque muitos dos filmes de faroeste do diretor John Ford foram gravados por ali. Muitos cinéfilos gostam de visitar esse lugar por essa fama. Mas além disso, a vista dali é realmente muito linda. 

5. Camel Butte
Essa formação é chamada assim por se parecer com um camelo. Pelo o que pudemos ver, é preciso muita criatividade para enxergar um camelo ali.

6. The Hub
Mais uma formação que parece formas. Essa leva esse nome por se parecer com um cubo. É muito alta e a sua cor impressiona.

7. Totem Poles
Esse conjunto de formações leva esse nome por parecem mesmo enormes totens. Mais uma vez a cor dessas esculturas chamam muito a atenção. 

8. Sand Springs
Nesse ponto fica a maior fonte de água do parque. Existe ali um aquífero natural. Fica perto do Totem Poles.

9. Artist’s Point
Desse ponto é possível ver muitos km do parque. São várias formações que ficam bem a frente de quem para por ali. 

10. North Window
Mais esculturas vermelhas. Dessa vez parece mesmo que existe uma janela entre duas formações e é possível ver o que está depois.

11. The Thumb
A escultura que mais tem a ver com o nome, na nossa opinião. Essa lembra muito um polegar para cima. 

Arches National Park, Utah

O Arches National Park é um parque nacional que fica em Utah, bem próximo ao colorado e faz parte do Mighty 5, que já falamos nos posts anteriores. Ele tem esse nome devido ao grande número de arcos que existem ali. Ele recebe quase 1,5 milhões de visitantes por ano, e, entre eles, turistas, viajantes, amantes da natureza (que vão visitar a exótica paisagem) e adeptos de esportes de aventura (que preferem fazer rapel pelos cânions). Esse é um parque considerado delicado. Apesar de sua aparência, os guardar florestais protegem as belezas naturais para que nada interfira no parque.

Parece mentira, mas são mais de 2 mil arcos naturais moldados por anos de vento e chuva. Por isso, podemos falar: esse é um dos parques mais diferentes que já vimos em toda nossa vida. Devido ao clima desértico, é possível ter bons dias durante todo o ano por ali. 

E vamos para as dicas para quem quer visitar o parque:

1. Como chegar?
Assim como Monument Valley, dá pra ir para o parque por diversos lugares, mas principalmente por Salt Lake City em Utah, e pelo Colorado.

2. Quanto?
O ingresso para entrar no parque dá direito a 7 dias.
– Carro: $25
– Moto: $15
– Pedestres: $10
– Passe anual: $80 por veículo

3. Como visitar o Arches National Park?
Todo o parque é super acessível de carro, inclusive, recomendamos. Chegue cedo, porque a fila de carros é enorme para entrar. Se chegar antes das 8h, melhor ainda. Existem alguns Tours guiados também, mas é necessário verificar valores e disponibilidades. 

4. Onde se hospedar?
Moab é uma cidade que fica muito próxima ao parque. O que recomendamos é que, quem não vai em um motorhome, hospede-se por ali. Fica a 10km do Arches National Park e dá pra aproveitar os mercadinhos e lanchonetes do lugar.

5. Dicas gerais:
– Leve comida e muita água, o parque não possui lugares de venda de alimentos.
– Roupas e sapatos confortáveis. As trilhas e caminhos são tortuosos e nada planos.
– Sinal de celular é quase inexistente dentro do parque.
– Tente chegar super cedo e assistir ao nascer do sol.
– Respeite o parque e fique nas trilhas marcadas.

Atrações do Arches National Park

Não adianta, a principal atração do parque, assim como já diz seu nome, são os arcos vermelhos e alaranjados pelo parque inteiro. O parque disponibiliza um mapa online para quem quer ir se preparando ou só conhecer mesmo. Clique aqui para ver. Vamos falar um pouco sobre as partes mais famosas desse parque:

– Delicate Arch
É um dos arcos mais famosos e mais lindos do parque. A nossa dica é que você comece a trilha até o Delicate Arch muito cedo, porque são quase 5km de extensão e não tem nenhuma sombra. Nada mesmo. É tudo feito embaixo do sol e o calor no meio do dia é super forte. 

A caminhada é íngreme e dá até vontade de desistir, mas o final desse trilha vale muito a pena. Essa atração uma das mais concorridas, outro motivo para chegar cedo.

– Upper e Lower Arch Viewpoint
Se você não quer andar quase 5km para o Delicate Arch, a dica é fazer essas duas trilhas. São consideradas fáceis e dá pra ver o Delicate bem de longe.

Pra quem faz a trilha para o Delicate, pode passar reto nessa.

– Garden of Eden
Essa região é conhecida pelos hoodoos, as mesmas formações que a gente viu lá pelo Bryce Canyon. Essa é uma parte do parque muito famosa entre quem gosta de esportes radicais, como escaladas.

– Double Arch
Outra parte bem famosa do parque. É preciso fazer uma pequena caminhada para chegar lá, em torno de 800m ida e volta.

São dois arcos que dividem a mesma rocha e é super lindo para tirar fotos e apreciar. A vista de dentro deles é de tirar o fôlego. Atração ótima para quem não gosta de caminhadas longas.

– The Windows Section
Essa atração fica bem em frente ao Souble Arch. Por aqui a intenção é percorrer um loop de 1,6km e ver as variadas formações e arcos. Nessa área, eles são super diferentes. Por aqui fica os famosos Turret Arch, North e South Windows. É considerada uma das regiões mais lindas e impressionantes do lugar.

Para fazer essa parte do parque, é preciso ter tempo. Se você pretende ficar no Arches National Park por meio período, escolha outras trilhas.

Aqui fica também a Balanced Rock, uma rocha enoooorme que fica “pendurada” em outra em balanço.

– Petrified Dunes Viewpoint
Esse é um mirante lindo para ver o som nascer. Por aqui dá pra ter uma visão incrível das dunas petrificadas (como já diz o nome).

– Landscape Arch
Essa é uma das surpresas do parque. Só a trilha para chegar na formação final já vale todo o esforço de chegar até aqui.

É uma trilha maravilhosa de 6,8km que vale cada metro. Ela é repleta de túneis e rochas e requer um tempo maior do visitante. O final é a cereja do bolo: o maior arco do parque que impressiona e muito.

– Courthouse Towers Viewpoint
Essa é uma ótima parada para fotos e funciona para quem está chegando para as trilhas ou indo embora. É uma área maravilhosa cheia de paredões das montanhas, chamados La Sal.

MUITO MAIS DICAS NO YOUTUBE

GOSTOU DESSA DICA? ENTÃO VISITE NOSSO CANAL DO YOUTUBE. TEMOS MUITOS VÍDEOS INCRÍVEIS DA NOSSA ROAD TRIP PELOS ESTADOS UNIDOS. SE QUISER, CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER NO CANAL OU CLIQUE AQUI PARA A PLAYLIST DOS VIDEOS. E aqui está o vídeo da nossa passagem pelo Arches National Park:

Deixe um comentário

Veja também